sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Tutorial de configuração do ePSXe

O ePSXe é o melhor emulador de Playstation que existe, roda a maioria dos jogos e tem os melhores gráficos, no entanto, se você quer obter a melhor qualidade e desempenho você deve ter paciência pra configurar o emulador, alguns jogos necessitam de configurações especificas, mas neste tutorial será abordada uma configuração genérica que possibilite rodar a maioria dos jogos sem maiores problemas.
 Primeiramente é necessário ter o emulador e todos componentes necessários para que o mesmo funcione, abaixo segue link pra download do emulador.

ePSXe completo e funcionando

> Mais opções de download

Agora vamos ao passo seguinte, como configurar o seu emulador.
abra o emulador, clique em Config e depois em Wizard Guid


clique no botão Config >>





na tela a seguir você deve selecionar a Bios que deseja utilizar com o emulador, recomendo utilizar a dtlh3002, lembrando que BIOS é software proprietário, sua distribuição é proibida por lei, de acordo com o determinado pela Sony dentro do que lhe permite a Lei de Software Proprietário, utilize por sua conta e risco.




 clique em Next >>
 na tela que segue você deve selecionar o plugin de vídeo que melhor atendera às suas necessidades.


selecione o plugin e clique em Config, abaixo segue configuração dos plugins de vídeo que eu recomendo.

PEOpS Soft Driver 1.78 (sem aceleração do DirectX e OpenGL)

 plugin mais leve recomendado para maquinas que não tenham uma boa placa de vídeo, ponto positivo permite gravar os jogos em arquivos de vídeo.


Pete's OpenGL Driver 1.77 (utiliza aceleração do OpenGL)

boa qualidade de imagem, configurações adicionais podem ser necessárias dependendo do jogo e da capacidade do seu computador.


Pete's D3D Driver 1.77 (utiliza aceleração do DirectX)

 boa qualidade de imagem, configurações adicionais podem ser necessárias dependendo do jogo e da capacidade do seu computador.


Pete's OpenGL2 Driver 2.9 (para placas de video mais modernas)

ótima qualidade de imagem, é possível também a utilização de filtros adicionais para melhorar mais a imagem, exige placas de vídeo modernas.


depois de configurar o plugin de vídeo, clique em Next >> 
na tela que segue selecione o plugin de audio que ira utilizar com o emulador.





abaixo segue configuração do plugin de audio que recomendo.


Eternal SPU Plugin 1.50




depois de configurar o plugin de audio clique em Next >>
na tela que segue deve ser selecionado o plugin de CDRom.



abaixo segue configuração do plugin de CDRom que recomendo.


PEOpS CDR Driver 1.4


após configurar o plugin de CDRom clique em Next >>
na tela que segue você configura os controles do emulador.




abaixo segue exemplos de configuração dos controle para ser utilizado com o teclado ou com Joystick.


Teclado




Joystick

se o seu controle oferecer suporte a vibração as áreas em destaque devem ser configuradas conforme a imagem para que a vibração funcione no emulador.

após configurar os controles clique em Next >>
a tela abaixo será apresentada, informando que a configuração do emulador foi concluida.

clique em Done.


As configurações também poder ser feitas individualmente, bastando pra isso clicar em Config, e selecionar no menu abaixo a opção que deseja configurar.



Pronto, seu emulador está configurado, segue agora informações adicionais de como rodar um jogo.

O ePSXe possibilita rodar jogos apartir dos CDs ou então você pode baixar os jogos da intenet, lembrando que os jogos estão protegidos por leis de direitos autorais, você só pode ter cópias de segurança dos jogos que você possuir os Discos originais.

-> para rodar os jogos a partir de um CD, clique em File, Run CDROM.
-> para rodar jogos a partir do computador, clique em File, Run ISO

Os jogos armazenados no computador são conhecidos como Imagem ou ISO, eles são cópias dos discos originais.

Nas versões 1.52 e 1.6 as Imagens podem ser carregadas nos formatos ISO, BIN e IMG.
Na versão 1.7 as Imagens podem ser carregadas nos formatos ISO, BIN, CUE, IMG, CCD, MDF e MDS.

Obs.os jogos quando vierem no formato BIN e CUE, devem ser carregados pelo arquivo CUE.
       os jogos quando vierem no formato IMG e CCD, devem ser carregados pelo arquivo CCD.
       os jogos quando vierem no formato MDF e MDS, devem ser carregados pelo arquivo MDS.

Existe duas formas de salvar os jogos no ePSXe, uma delas é a convencional usando Memory Cards

Para usar os memory cards no emulador você deve seleciona-lo, clique em Config, Memory cards, na janela que abre mostra a opção de selecionar dois memory cards, clique em Select, selecione um memory card existente ou crie outro bastando pra isso somente escrever um novo "nome do arquivo" e clicar em Abrir.

A outra forma de salvar os jogos é usando o Save State, é uma função bastante util do ePSXe, pois possibilita salvar o jogo a qualquer instante, no entanto tem alguns Bugs, pode deixar o jogo sem audio, sem reconhecer o memory card e ou até travar o jogo, não quer dizer que isso ocorra sempre, você pode terminar um jogo sem ter nenhum problema vai depender da sua "sorte". Para usar o Save State basta fazer conforme segue.
F1 - salva o jogo.
F2 - escolhe entre cinco posições disponíveis.
F3 -  carrega o jogo a partir da posição selecionada.


Por enquanto é só, maiores informações ou duvidas é só perguntar nas comunidades do Orkut ePSXe Brasil ou ePSXe enhanced PSX emulador.

domingo, 11 de outubro de 2009

Emuladores

Emulador é um software que reproduz as funções de um determinado ambiente, a fim de permitir a execução de outros softwares sobre ele.

O primeiro emulador foi criado em 1964 por Larry Moss, na época funcionário da IBM, consistindo em um Software que fazia com que os programas criados para o 7070 mainframe rodassem na mais nova linha de computadores da IBM, os System/360.

A popularização dos emuladores veio junto com a Internet e os emuladores de vídeo games. As imagens extraídas de cartuchos de vídeo games (chamadas imagens ROM ou simplesmente "ROMs") aliadas à programação em baixo nível de jogos para sistemas antigos tornou fácil a possibilidade de criação de emuladores de sistemas como o Chip-8 e depois de vídeo games mais populares como o Atari 2600 e NES (esse já tinha jogos programados em alto nível).

Apesar de um emulador nem sempre ser a coisa mais fácil de configurar, com pouco conhecimento hoje já é possível rodar um jogo de Playstation em um PC através de um emulador sem muitos problemas, muitas vezes até com qualidade superior ao próprio vídeo game, já que se podem aplicar efeitos como anti-aliasing que o vídeo game não possui e rodar os jogos em resoluções muito mais altas que o original.

Segue abaixo link para alguns emuladores:

Super Nintendo

http://prdownloads.sourceforge.net/zsnes/zsnesw151.zip

Fliperama

http://www.gigaroms.com/mame32-120.exe

Playstation 1

http://www.epsxe.com/files/epsxe170.zip

Você pode encontrar mais emuladores para outros consoles como Mega Drive, Nintendinho, Master System, Neo Geo, Game Cube, Game Boy, PSP e muitos outros no site http://www.roxdownload.net/.

Duvidas de configuração dos emuladores é só postar nos comentários.

domingo, 27 de setembro de 2009

Compartilhar a internet usando o Linux

Para o bom uso dessa dica, espero que você saiba determinar o IP, DNS, gateway e sub-net mask na sua placa de rede. O objetivo é apenas compartilhar com sucesso a internet.
Você vai precisar digitar este comando:

    iptables -t nat -A POSTROUTING -o eth0 -j MASQUERADE

Obs: neste caso, estou supondo que sua interface com a internet é a eth0.
Em todas os demais sistemas operacionais, você vai precisar definir o IP interno desta máquina como sendo o gateway.

Verifique o que tem no conteúdo da sua variável:
cat /proc/sys/net/ipv4/ip_forward

Se tiver 0, mude para 1... como?

    echo 1 > /proc/sys/net/ipv4/ip_forward

Para listar suas interfaces:

    ifconfig

sábado, 26 de setembro de 2009

Restaurando o GRUB após instalar o Windows

Essa dica vai para você que após reinstalar o Windows no seu computador acabou perdendo acesso ao Linux, muitas vezes você acaba optando por reinstalar a sua distribuição Linux, mais saiba que isso não é necessário, segue aqui um pequeno tutorial de como resolver esse problema.
Primeiramente você vai precisar fazer o boot através de um liveCD, no meu caso eu utilizei o LiveCD do Ubuntu.
Após inicializar o Linux, abra o terminal e execute o GRUB no modo super usuário, para isso digite o seguinte comando:

    sudo grub

Se tiver digitado corretamene sua tela vai ficar da seguinte forma:

grub>

Agora digite:

    find /boot/grub/stage1

Esse comando mostra a localização da sua partição Linux, no meu caso obtive de retorno (hd0,2);
Agora digite os seguintes comandos:

    root (hd0,2)
    setup (hd0)

Não esqueça de substituir (hd0,2) e (hd0) de acordo com o retorno que você teve com o comando find, por exemplo:
se no seu caso o retorno do comando find for (hd1,2), então você deve digitar root (hd1,2) e setup (hd1).
Pronto, agora é só reiniciar o computador que você voltará a ter acesso a sua distribuição sem perder nenhum arquivo.